Entrevistas

Reconhecer, tratar e monitorizar são as palavras-chave na abordagem do choque em Cuidados Intensivos Pediátricos
Dr.ª Alzira Sarmento, Centro Materno-Infantil do Norte
29 Out. 2018

Reconhecer, tratar e monitorizar são as palavras de ordem quando se fala em choque. Este é um “tema muito específico”, bastante relacionado com o trabalho em Cuidados Intensivos Pediátricos. Em entrevista ao My Pediatria, a Dr.ª Alzira Sarmento destacou as principais mensagens da sessão “Abordagem do choque: estado da arte”, que decorreu no último dia do 19.º Congresso Nacional de Pediatria. Assista ao vídeo.

 

Processo de diagnóstico, tratamento e controlo da tuberculose em idade pediátrica
Prof. Doutor Luís Varandas, coordenador da Comissão de Vacinas da SPP
26 Out. 2018

O início do segundo dia do 19.º Congresso Nacional de Pediatria ficou marcado pela sessão “Tuberculose e BCG: a história, a realidade e os desafios”, pautada por uma enorme assistência e participação. Um dos intervenientes foi o Prof. Doutor Luís Varandas, que abordou o tema da tuberculose pediátrica, desde o momento em que é realizado o diagnóstico até ao controlo, passando ainda pelo tratamento. De acordo com o pediatra infecciologista do Hospital Dona Estefânia, o diagnóstico da patologia em idades mais jovens é, de facto, complexo pois “por definição, as crianças têm muito poucos bacilos quando desenvolvem tuberculose pulmonar, contrariamente ao adulto”. Assista ao vídeo da entrevista.

 

“As crianças de hoje são só uma percentagem da população, mas são 100% do nosso futuro”
Dr. Jorge Amil Dias, presidente do Colégio de Pediatria
25 Out. 2018

O Programa de Formação em Pediatria foi o foco da sessão dedicada ao Colégio de Pediatria da Ordem dos Médicos, presidido pelo Dr. Jorge Amil Dias. De acordo com o especialista, este é um documento que já deveria ter sido revisto “há vários anos”, tendo em conta que “data de 1996”. Desta forma, o propósito do encontro passou por “dar a conhecer aos colegas pediatras o projeto de revisão”, tendo sempre em vista o superior interesse das crianças, que vão ser os adultos do futuro. Assista ao vídeo da entrevista.

 

Vacinação neutra de género contra o HPV: por que razão é tão importante vacinar também o sexo masculino?
Dr.ª Jacinta Azevedo e Dr.ª Isabel Esteves
25 Out. 2018

“Vacinação neutra de género contra o HPV: are we there yet?” foi o mote do Simpósio da MSD, que decorreu nesta quinta-feira, no 19.º Congresso Nacional de Pediatria. A Dr.ª Jacinta Azevedo, do Centro de Saúde da Lapa, e a Dr.ª Isabel Esteves, do Hospital de Santa Maria, foram as intervenientes da sessão, partilhando um pouco daquela que tem sido a sua experiência. A ideia que ficou patente em ambas as preleções diz respeito à certeza de que a vacinação contra o HPV é, de facto, importante e tem contribuído para melhores resultados e para a diminuição do número de casos registados. Assista aos vídeos das entrevistas ao My Pediatria.

 

Portugal na vanguarda da Gastrenterologia Pediátrica com “bons clínicos e bons técnicos” no seio da especialidade
Prof.ª Doutora Henedina Antunes , presidente da Sociedade Portuguesa de Gastroenterologia, Hepatologia e Nutrição Pediátrica
25 Out. 2018

Uma das sessões do segundo dia do 19.º Congresso Nacional de Pediatria dedicou o seu tema à Gastrenterologia Pediátrica. Sendo uma referência nacional e internacional na especialidade, a Prof.ª Doutora Henedina Antunes foi escolhida para moderar a mesa-redonda subjacente a esta temática, que contou com a presença e intervenção de uma sala cheia de participantes. A presidente da Sociedade Portuguesa de Gastroenterologia, Hepatologia e Nutrição Pediátrica (SPGP), para além da pertinência do que foi discutido, salientou também a excelente posição que a Gastrenterologia Pediátrica ocupa no contexto europeu. Assista ao vídeo da entrevista.

 

Subespecialidade de Endocrinologia Pediátrica é um desejo e um projeto para o futuro próximo
Prof.ª Doutora Catarina Limbert, Hospital Dona Estefânia
25 Out. 2018

“Abordar temas muito díspares da Endocrinologia Pediátrica, começando com os aspetos da adolescência, cada vez mais incidentes na Pediatria Geral”. Foi assim que a Prof.ª Doutora Catarina Limbert resumiu o principal objetivo da mesa-redonda que moderou sobre o tema, nesta quinta-feira, segundo dia do 19.º Congresso Nacional de Pediatria. Em entrevista ao My Pediatria, a médica do Hospital Dona Estefânia referiu que esta “é uma área que está em franco desenvolvimento, com cada vez mais profissionais a trabalhar nela e com mais qualidade”. Assista ao vídeo.

 

AVC na criança: profissionais de saúde devem atuar de forma preventiva mediante grupos de risco
Dr.ª Rita Lopes Silva, Neurologia Pediátrica Hospital Dona Estefânia
25 Out. 2018

O acidente vascular cerebral (AVC) continua a ser uma das principais causas de morte em Portugal. Contudo, nem sempre é associado às idades mais jovens. Ainda que seja raro nas crianças, “ele existe, com causas muito mais diversas do que no caso dos adultos”. Este foi precisamente o tema que a Dr.ª Rita Lopes Silva abordou durante a sessão dedicada à Neuropediatria, no primeiro dia do 19.º Congresso Nacional de Pediatria. O AVC tem repercussões negativas no desenvolvimento físico, psíquico e comportamental das crianças, sendo que “até 60%” delas vão acabar por desenvolver sequelas. Assista ao vídeo da entrevista.

 

Diferentes formas de maus-tratos a crianças é o foco do curso pré-Congresso “Pediatria Social”
Dr.ª Maria de Lurdes Torre
25 Out. 2018

“Pediatria Social” foi o tema de um dos cursos pré-Congresso, que decorreu na manhã desta quarta-feira, o primeiro dia do 19.º Congresso Nacional de Pediatria. A Dr.ª Maria de Lurdes Torre, coordenadora da formação, caracterizou o momento como “uma abordagem prática das diferentes formas de maus-tratos que existem” nesta área. Em entrevista ao My Pediatria, a especialista destacou pontos altos da sessão, que apelidou de “muito positiva”. Assista ao vídeo.

 

Sociedade Portuguesa de Pediatria: 70 anos de história da instituição que representa mais de dois mil pediatras
Dr. Luís Januário, Hospital Pediátrico de Coimbra
25 Out. 2018

Este ano assinalam-se os 70 anos da Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP), data essa que não poderia passar despercebida na 19.ª edição do Congresso Nacional de Pediatria. Presente na sessão de abertura esteve o Dr. Luís Januário, que abordou em retrospetiva este período de tempo, sem deixar de parte todas as personalidades que deixaram a sua marca na história da instituição que representa, de momento, 2100 pediatras. Em entrevista ao My Pediatria, o especialista do Hospital Pediátrico de Coimbra, também ele próprio um antigo presidente da SPP, afirmou que “a Pediatria em Portugal vive um momento em que é preciso uma grande reflexão sobre os seus fundamentos”. Assista ao vídeo.

 

Acompanhamento da criança politraumatizada desde a Urgência até aos Cuidados Intensivos
Dr.ª Cristina Camilo
25 Out. 2018

“O trauma continua a ser um grave problema, não só na idade pediátrica, mas também na idade adulta, com uma taxa de morbilidade e de mortalidade ainda muito significativa”. Quem o afirmou foi a Dr.ª Cristina Camilo, coordenadora de um dos cursos que antecederam o 19.º Congresso Nacional de Pediatria. Sob o tema “Cuidados intensivos pediátricos: abordagem do trauma – do Serviço de Urgência à Unidade de Cuidados Intensivos”, a formação destinou-se a pediatras e internos de Pediatria que trabalham diariamente com crianças politraumatizadas. Assista ao vídeo da entrevista ao My Pediatria.

 

Newsletter

PUB